Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Metade de mim

por Lindolfo Alexandre, em 25.10.17

Despeço-me vezes sem conta até que ganho uma coragem angustiante e viro-te as costas.

Ligo o meu carro, fico estático com as mãos entre as pernas e encolhido em mim.

Suspiro.

Sinto o teu cheiro na minha roupa, fico com um sorriso estampado na cara. Sei que tenho uma viagem pela frente, a distância física irá ficar enorme novamente, já estou ansioso por estar contigo e ainda não fiz um metro destes longos Kilómetros que nos separam.

Estou com um amor gigantesco dentro de mim, revitalizei novamente.

És a culpada!

Penso na sorte que tenho por te ter, mesmo que ausente.

Quem dançaria agarrada a mim num jardim público como se não houvesse ninguém para além de nós? Quem cantaria para mim com um sorriso nos lábios e gargalhadas no final? Quem iria dizer que me ama num tom que me faz arrepiar?

Só tu sabes fazer isso de uma forma inocente, delicada e pura.

Tenho que ir embora, já é tarde.

Suspiro novamente e ainda mais profundo.

Deixo contigo parte de mim, mas levo o meu coração a fervilhar.

Amo-te muito Mimi.

Até amanhã meu anjo.

FB_IMG_1508967477060.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Carlos a 26.10.2017 às 00:28

A distância por vezes também faz bem!
Torna o reencontro ainda mais emocionante!
Imagem de perfil

De Lindolfo Alexandre a 26.10.2017 às 00:59

Sem dúvida!
Cada minuto é vivido de uma forma intensa, ligado a pormenores, a sentimentos e sensações.
A cada minuto criámos a nossa história, é o nosso conto de fadas mesmo sendo diferente dos tradicionais.
Abraço Carlos.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D