Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

A nossa utopia

Recebo o teu telefonema, faltam minutos para te voltar a ver novamente.Um nervoso miudinho toma conta de mim. Revejo-me ao espelho, o sorriso está estampado como sempre quando penso em ti.

Subitamente o teu carro encosta ao meu, estás da mesma forma do que eu, já não me sinto sozinho, afinal somos dois parvos apaixonados.

A brisa sopra no teu cabelo fino, tentas compor de uma forma elegante e tão tua.

«Estás perfeita.»

Os nossos olhos fixam-se de uma forma intensa, o sorriso intensifica-se. Estou estático a aguardar que chegues até mim, espero impacientemente que não demores porque tenho a pernas trémulas.

«Quem és tu? O que me fizeste? É tão bom mas sinto-me tão patético.»

Os teus lábios com batom vermelho estão a 10 centímetros, estou quase a implorar que toquem nos meus. “Desculpa a demora.”

Beijámos-nos intensamente, a minha mão percorre a tua cara. De olhos fechados sinto cada contorno do teu rosto, parece que foram desenhados pormenorizadamente.

«És tão deslumbrante.»

Acabamos enlaçados um no outro a ouvir o mar, a sentirmos os corações a bater de uma forma mais forte. É uma sensação tão reconfortante, tão intensa que não me apetece largar-te nunca.

O sol está a fugir no horizonte, admiramos o céu alaranjado, o cenário é lindíssimo o nosso amor é o protagonista. Sussurro-te no ouvido:

“Diz que me amas e prometo que te faço muito feliz.”

Voltas o pescoço para olhar para mim e sem hesitares proclamas sem medos.

“Amo-te, amo-te muito.”

Ouvi poesia.

Agarro a tua face com as minhas mãos e agradeço-te com um beijo suave na testa.

É a nossa utopia. 

 

25530237_10155268528517198_836141391_n.jpg

 

 

 

2 comentários

Comentar post