Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Suave desassossego

Os teus dedos percorrem o meu cabelo, sinto arrepios no meu corpo.

Ouço o bater do teu coração deitado no teu peito, a tua pulsação parece uma melodia no meu ouvido. Respiras suavemente e por vezes suspiras bem fundo.

Estás a sentir o mesmo do que eu?

Toco na tua pele, percorro-a com a ponta dos meus dedos, fui eu que te arrepiei agora, sinto os teus pêlos macios e frágeis levantados.

O teu coração começou a bater mais rápido, continuas distraída a olhar para o céu e ver as nuvens formarem desenhos mas saborear o toque. Estás a suspirar mais fundo e mais vezes, estás a entrar numa ansiedade. Desviaste o olhar do céu, levantaste-te ligeiramente, estás-me a olhar nos olhos, consigo ver as tuas pupilas a dilatarem.

Estás a baixar a cabeça e beijaste-me a testa.

Sorrio.

“Também te adoro muito.”

Sorris.

 

received_10209983199964483.jpeg

 Foto de: Sara S.

2 comentários

Comentar post